To top
30 maio

!!! VOU CASAR E AGORA?. VÉU… VOILETTE OU MANTILHA? !!!

Olá Meninas!!!. O vou casar e agora de hoje, ajudará vocês na hora de escolher entre Véu, Voilette ou Mantilha. As dicas são da Nanda Vedovatto, quem quiser conhecer a Nanda e seu trabalho lindo acesse: www.nandavedovatto.com.br . Bju Bju.

 

Véu, voilette ou mantilha?

O penteado e o acessório emoldura o rosto da noiva dando mais charme, elegância e sofisticação, de acordo com a Wedding Planner Nanda Vedovatto
O véu e a grinalda finalizam o penteado e precisam estar em perfeita harmonia para obter o resultado esperado. A escolha do penteado para o grande dia deve ser feita com pelo menos três meses de antecedência ao casamento!

Deve ser levado em consideração o formato do rosto, o seu estilo, o modelo do vestido que será usado, e o tipo de ambiente onde será realizada a cerimônia. O véu geralmente é feito de tecidos leves, esvoaçantes, tipo um tule, que desce pelos ombros e termina na cintura. Ele pode ainda acompanhar o corpo todo, terminando ao chão quando for longo.

O véu curto é usado em cerimônias realizadas pela manhã ou a tardezinha, é um véu informal, próprio para a ocasião.
Voilette
Voilette é uma palavra francesa que se refere ao véu que cobre o rosto (que pode ser todo ou em parte). Ele pode ser preso a um chapéu (ideal para noivas que casarão ao ar livre) ou por um arranjo fixo no cabelo.
As peças eram muito usadas nas décadas de 1910 e 1940, o que dá um toque vintage à noiva (eu particularmente amo).
As mulheres daquelas décadas usavam as voilettes para se protegerem da poeira e do sol, restringindo o seu uso durante o dia. Porém, esse arranjo remete ao século XVIII. Elas hoje são usadas à noite em festa e pelas noivas, levantados depois do beijo.
Não tem que ter um estilo específico de vestido de noiva para ser usado, apenas deve se sentir a vontade com a voilette. Uma ótima dica é usá-lo durante o dia para a cerimônia realizada no civil.

Mantilha
A mantilha é de origem hispânica, ela representa a humildade, pureza e juventude da noiva. Assim como os véus, elas podem ser adornadas com tiaras, grinaldas ou até mesmo sem muitos detalhes. Sua principal característica são as aplicações de rendas e os bordados artesanais.
O ideal é que se, a noiva possui o sonho de usá-la, por seu glamour e suntuosidade, é necessário que o vestido seja o mais simples possível.
O bom é que ela pode ser usada com vários tipos de penteados até mesmo com detalhes de flores ou desenhos combinando com a renda, dando um toque de graça e romantismo a noiva.
Ela difere do véu, pois é mais pesada e deve ficar rente ao rosto e ao corpo. As mantilhas para noivas demonstram um toque de glamour e sofisticação. Se for de renda, a mantilha deve ser a mesma que do vestido.
Como a mantilha tem um peso maior que o do véu, é necessário escolher penteados bem estruturados, como um belo coque próximo a nuca ou no topo da cabeça, justamente para destacar os detalhes e as rendas da mantilha escolhida.
Se ela for totalmente rendada, é importante que o vestido não tenha nenhum detalhe em renda ou bordado, que ele seja o mais simples possível. O acessório pode formar um conjunto harmonioso com o vestido da noiva, basta tomar cuidado na escolha. Se o vestido tem muitos detalhes, bordados e brilhos a mantilha deve ser mais discreta, o contrário também se aplica, vestidos mais simples podem ser combinados com mantilhas mais elaboradas.

É fundamental que ela seja colocada na altura certa da cabeça, três dedos para baixo do meio e a ponta da mantilha deve cobrir parte dos ombros. São diversas opções, e a noiva deve ter o cuidado de escolher o que melhor combina com seu estilo! Tenha o cuidado para não carregar demais nos acessório com detalhes. Os bordados são lindos, mas perdem a elegância quando são utilizados em excesso.

Luciana Zanandrea

Luciana Zanandrea Pedrili, nascida em Ribeirão Preto. Apaixonada por fotografia, moda e beleza. Vivendo intensamente, sempre estudando e buscando a cada dia por mais assuntos relacionados ao universo feminino. Tudo isso para transmitir o melhor conteúdo aos leitores deste blog.

2 Comments

Leave a reply