To top
3 nov

!!! EMAGREÇA COM CÁPSULAS NATURAIS!!!


Tipos de pílulas
Carboidrato bloqueado

Você sabe que precisa reduzir o consumo de pão francês, pizza e macarrão para perder os quilinhos extras. Mas essas delícias continuam fazendo parte do seu cardápio. Também não é fácil ficar longe do doce? A faseolamina bloqueia parte dos carboidratos consumidos, ajudando a diminuir o “peso” desses alimentos.

Como funciona: “Extraída do feijão-branco (Phaseolus vulgaris), a faseolamina é uma glicoproteína que sequestra cerca de 15% do carboidrato consumido”, explica a nutricionista e fitoterapeuta Vanderlí Marchiori, de São Paulo.

Faça as contas: numa refeição com 200 gramas de carboidrato (o equivalente a 3 colheres de arroz, 1 batata grande e 1 fatia de pão), pelo menos 25 gramas deixam de ser usadas pelo seu organismo. São 100 calorias economizadas em apenas uma refeição. Segundo estudo da Faculdade de Medicina de Extremadura, na Espanha, a faseolamina também reduziu os níveis de açúcar no sangue, o que ajudou a controlar o apetite em animais de laboratório. Ou seja, são dois pontos a favor da sua cintura: menos carboidratos absorvidos e menos fome. Daí sua dieta fica magrinha e seu organismo vai buscar energia nos estoques de gordura, normalmente instalados na cintura.

Mais vantagens: melhora o funcionamento do intestino porque, além do carboidrato não absorvido aumentar o volume das fezes, a faseolamina tem fibras.

Efeitos colaterais: dependendo da sensibilidade do organismo, doses exageradas da pílula podem provocar gases, dores abdominais e até diarréia.

Dosagem: de 350 miligramas a 1 grama por dia.

Cápsulas diárias: três, de 30 a 15 minutos antes do café da manhã, do almoço e do jantar. À noite, você não come carboidrato? Então, dispense a cápsula nessa refeição.

“Mesmo comendo biscoito à tarde e macarrão à noite, a pílula ajudou a deixar meu abdômen lisinho. Sem a faseolamina, estava difícil atingir esse objetivo, apesar de não exagerar nas porções e malhar de três a quatro vezes por semana. Na balança, a redução foi de 3 quilos – resultado que apareceu em um mês e meio. Se a barriguinha voltar teimosa, não tenho dúvida: aposto novamente nessa substância.”

Simony Gaboardi, 23 anos, nutricionista
Altura: 1,64 metro
Peso atual: 51 quilos

Gordura dissolvida

Metabolismo lento e má digestão ameaçam o resultado de qualquer dieta. O Citrus aurantium, obtido da laranja amarga, agita o ritmo do seu organismo.

Como funciona: “Estudos clínicos mostram que componentes do citrus aceleram o metabolismo, promovendo um maior gasto de calorias e, consequentemente, a queima de estoques de gordura”, explica a médica homeopata Marcia Jablonka Kelman, de São Paulo. Apesar de ter uma ação próxima à da efedrina (Ephedra sinica), proibida por acelerar os batimentos cardíacos e a pressão arterial, aumentando o risco de insônia, infarto e derrame, essa substância – extraída da laranja amarga – é mais segura. “Ela se liga a receptores encontrados no tecido gorduroso, ativando o metabolismo e a queima de gordura sem interferir no sistema cardiovascular”, garante Marcia. Se você malhar, os benefícios vêm em dobro: além da queima de gordura gerar mais energia, o citrus estimula a liberação de adrenalina – substância que deixa a gente mais ativa. Com todo esse pique, você melhora a performance e ganha mais massa magra, claro, desde que seu treino inclua sessões de musculação. O citrus também deixa os aminoácidos mais acessíveis para a formação da proteína – indispensável para a construção e manutenção da musculatura. Daí os músculos aparecem.

Mais vantagens: “Também tem propriedade digestiva, melhorando a absorção dos nutrientes e protegendo o estômago. É diurético e tem fitonutrientes que desintoxicam o fígado”, afirma Vanderlí Marchiori.

Efeitos colaterais: não há relatos de reações adversas.

Dosagem: cerca de 500 miligramas por dia.

Cápsulas diárias: duas, uma em jejum e outra dez minutos antes do jantar.

“Sempre tive tendência a reter líquido. E isso pesa na balança. Minha nutricionista sugeriu que eu tomasse o Citrus aurantium e só topei por ser natural. Comecei a fazer muito mais xixi e, em menos de uma semana, meu corpo desinchou muito! Minha digestão também melhorou e as gordurinhas deram uma secada – percebi na medida da cintura e dos quadris.”

Clara Maciel Cavalcanti, 28 anos

Fome sob controle

Você só se contenta com porções gigantes? A Caralluma fimbriata corta a fome exagerada e a vontade de beliscar o dia todo.

Como funciona: compostos extraídos desse cacto indiano de uso milenar – populações nativas consomem a planta até hoje para enganar a fome em longas jornadas de caça – interferem na sensação de saciedade, suprimindo o apetite. “São substâncias que simulam a ação do neuropeptídio Y, que, presente naturalmente no nosso cérebro, é responsável pelo aumento da saciedade”, explica Vanderlí. Com isso, a redução no apetite é de no mínimo 30%. Imagine que, na hora do almoço, você só fique satisfeita com um hambúrguer, uma porção grande de batata e um sundae. Com a Caralluma fimbriata, vai ficar feliz apenas com o hambúrguer e uma batata pequena.

Mais vantagens: diminui a vontade voraz de doce que normalmente aparece no meio da tarde. Os pesquisadores ainda estão avaliando, mas acredita-se que a planta tem o poder de manter a carga glicêmica estável, o que reduz a gordura abdominal.

Efeitos colaterais: não existem relatos de reações adversas.

Dosagem: de 500 miligramas a 1 grama por dia.

Cápsulas diárias: duas, uma hora antes do almoço e do jantar. O apetite começa a diminuir 30 minutos após a substância ser ingerida, atingindo o pico em uma hora. Mas isso pode variar de mulher para mulher.

“Sei muito bem o que os inibidores de apetite convencionais provocam: boca seca, depressão… Com a Caralluma fimbriata, não sinto nada disso e tenho menos fome. Continuo comendo chocolate, mas não devoro mais a caixa inteira. Em um mês, emagreci 2 quilos e estou aproveitando para aprender a comer direitinho.”

Tatiana da Costa Fonseca, 23 anos, administradora
Altura: 1,74 metro
fonte: revista boa forma

Luciana Zanandrea

Luciana Zanandrea Pedrili, nascida em Ribeirão Preto. Apaixonada por fotografia, moda e beleza. Vivendo intensamente, sempre estudando e buscando a cada dia por mais assuntos relacionados ao universo feminino. Tudo isso para transmitir o melhor conteúdo aos leitores deste blog.

10 Comments

Leave a reply