To top
2 jul

Bate papo com o cabeleireiro oficial da natura Guilherme Cassolari

Bate papo com o cabeleireiro oficial da natura Guilherme Cassolari

Olá Meninas(os) !!!

Confira o bate papo que tive com o cabeleireiro oficial da natura Guilherme Cassolari e ainda dicas valiosas .

Bju Bju

Bate papo com o cabeleireiro oficial da natura Guilherme Cassolari

  Oleosidade: tire isso da cabeça!

Alimentação, estresse, genética, água quente… Diversos fatores podem deixar o couro cabeludo com oleosidade excessiva, dificultando a higienização do cabelo, causando transtornos no dia a dia e interferindo até mesmo na autoestima das pessoas, principalmente das mulheres. Mas há solução para quem frequentemente fica com os fios sem movimento, sem volume e com aparência pesada. “Basta mudar alguns hábitos e escolher os produtos certos”, explica o cabeleireiro oficial da Natura, Guilherme Cassolari. Veja abaixo as dicas do expert em saúde capilar:

1. O que pode causar a oleosidade nos cabelos?

Gui Cassolari: A oleosidade capilar é, na maioria dos casos, natural do couro cabeludo da pessoa, pois depende do funcionamento das glândulas sebáceas. Se a produção dessas glândulas está em excesso, os cabelos ficam naturalmente mais oleosos. Porém, alimentação, estresse e determinados fatores externos também podem influenciar na oleosidade dos fios, como o uso de shampoos muito cremosos. Além disso, lavar a cabeça com água quente ou aplicar condicionador na raiz dos fios também colaboram para o aumento da oleosidade.

2. Por que aplicar o condicionador ou máscara de tratamento próximo da raiz dos cabelos pode deixar os fios oleosos?

Gui Cassolari: O couro cabeludo é uma região quente, com grande circulação sanguínea. Esse calor natural da cabeça, em contato com algumas substâncias presentes nos condicionadores, deixa os fios bastante oleosos. Por isso, mesmo para quem não sofre com a oleosidade, o ideal é aplicar o produto da metade dos fios para baixo.

3. Por que é aconselhado evitar lavar os fios com água quente?

Gui Cassolari: A água quente ajuda a limpar profundamente o couro cabeludo, inclusive as glândulas sebáceas. Pode parecer algo bom, porém, podemos dizer que essas glândulas são inteligentes e, quando o organismo se vê livre desse “sebo”, reage produzindo-o em dobro e intensificando o problema.

4. Qual é a frequência ideal para lavar os cabelos?

Gui Cassolari: A frequência com que os cabelos devem ser lavados vai depender de diversos fatores. O ideal para um cabelo bem oleoso é lavar todos os dias, porém isso vai depender de cada situação. Se ao final de cada dia ele estiver sem movimento, com aparência de sujo, a frequência deve ser diária. Vale lembrar que a aparência dos fios ao final de um dia vai depender também da região onde a pessoa mora. Lugares muito quentes tendem a deixar os fios bem mais oleosos do que em regiões com temperaturas mais amenas.

5. Existe alguma forma ideal para a lavagem dos fios?

Gui Cassolari: A dica, tanto para quem tem os fios oleosos, quanto para os mistos ou secos, é lavar toda a planta da cabeça, onde tem e onde não tem cabelo. Ou seja, lembrar-se de lavar também a testa, a nuca e a parte de trás das orelhas. Isso porque as regiões onde o cabelo entra em contato com a pele tendem a ficar mais oleosas.

6. Quais produtos podem ajudar a amenizar a oleosidade capilar?

Gui Cassolari: Em primeiro lugar a pessoa deve utilizar sempre o shampoo correto para o cabelo correto. Ou seja, é preciso ficar atenta à estrutura do fio e buscar produtos que atendam às necessidades dele. O Natura Plant Shampoo de Controle de Oleosidade e o Natura Plant Limpeza Profunda, por exemplo, evitam que o fio fique oleoso rapidamente. Em conjunto com produtos de controle de oleosidade, indico também o uso semanal do novo lançamento da Natura: Natura Plant Pré-shampoo Esfoliante. Trata-se de um creme esfoliante que prepara os fios para a lavagem. Ele contém extrato de hortelã em sua formulação, que promove esfoliação e limpeza do couro cabeludo, removendo os resíduos dos fios e dando a sensação de refrescância. Por isso, pode ser usado por todas as mulheres, mesmo que não tenham o cabelo oleoso.

7. Quais produtos devem ser evitados? Gui Cassolari: Evite produtos com textura viscosa, pesada e leitosa. Vale lembrar que a hidratação não é proibida para quem tem os fios oleosos. Isso porque, muitas vezes a raiz é oleosa, mas as pontas são secas (cabelos mistos). Em todos os casos o produto escolhido para o procedimento deve ser aplicado apenas do meio do cabelo para as pontas.

8. A pessoa com fios oleosos devem esfregar mais o couro cabeludo?

Gui Cassolari: Não existe uma ligação comprovada entre a força aplicada na lavagem e o comportamento capilar. O que podemos afirmar é que limpar bem o couro cabeludo evita que o cabelo fique oleoso mais rapidamente. Essa lavagem mais forte é algo pessoal, e vai da preferência de cada um.

Luciana Zanandrea

Luciana Zanandrea Pedrili, nascida em Ribeirão Preto. Apaixonada por fotografia, moda e beleza. Vivendo intensamente, sempre estudando e buscando a cada dia por mais assuntos relacionados ao universo feminino. Tudo isso para transmitir o melhor conteúdo aos leitores deste blog.

No Comments

Leave a reply